BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

27 de jul de 2009

::: Vestígios Incompletos...




Não consigo mais suportar isso...

Ventos distantes anunciam o complexo dos meus delírios.

É algo sem definição, que vem de todos os sentidos, com uma força inigualável que chega ao ponto de me enlouquecer.

Eu que sempre consegui ter um autocontrole imensurável, chegando a me ocultar ate de mim, agora me vejo completamente sem rumos.

Tudo foge do que devia ser, toda noção que eu possuía de concreto se perde em si.

Perco-me, torturo-me, destruo-me por isso. É como algo que a qualquer momento pode explodir, me deteriorando em minhas frustrações.

Estou sem direção, opção, vontade e força.

Sinceramente nunca entendi o porquê de o Pierrot querer e sofrer tanto pela Colombina. Hoje sinto isso na pele, representando os dois papeis ao mesmo tempo.

Nunca pensei que pudesse sentir algo que vai além de mim, da minha racionalidade. Tenho realmente medo de ficar louco com isso. Não posso fazer nada. Existem muitas coisas não ditas em uma simples palavra. Existem muitas coisas não vistas em único olhar.

E eu?

Eu não posso me entregar e pronto! Não posso perder meu bem maior.

Enquanto ainda consigo me manter consciente, faço tudo para bloquear-me. Como fui fazer isso comigo? Como vou me olhar no espelho e ver meus antepassados refletindo minhas memórias perdidas e avulsas? Como vou conseguir me perdoar?

Vacilo ideias soltas e a qualquer momento posso simplesmente não agüentar mais tudo isso. E essa maldita culpa é somente minha.

Encontro-me num conflito entre demônios inconscientes, pendentes em meu espaço. Cada um me implora em gritos sufocados de exaustão o tempo todo, e pedem para que eu viva isso. Não posso! Não me permito!

Como eu consigo colocar em risco tudo aquilo que consegui verdadeiramente...

E quem sou eu? Eu sou o nada. Não há diferença nisso. Importa somente ao meu ego as minhas decisões. Não há como abrir mão de tudo isso antes que os mesmos caiam por terra. Mil demônios insanos me torturam aos berros todo o tempo... Falta-me ar e coragem. A dor da perda deve ser muito menor do que a do amor.

Nos braços de um anjo eu espero me encontrar após essa tormenta inútil que criei... Isso se eu conseguir me manter ate lá...

E isso basta. Vestígios incompletos.

Gustavo Freitas


______________________

Fds muito bom! Festival de Inverno em Itapecerica perfeito...

Domigo abafado... mas passa... eu espero.

Boa semana a todos!


Carpe Diem


..:gUh:..

16 de jul de 2009

::: Harry Potter e o Enigma do Principe




Para os super fanáticos fãs igual a mim da série Harry Potter ontem foi um dia muito bom. Isso se deve a estréia do sexto e penúltimo filme da saga: "Harry Potter e o Enigma do Príncipe". È claro que fui à primeira seção ás 00:01 , madruga brava! hsuashaushaus.... Mas valeu a pena! Fomos eu, Ni, Dandan, Karen e Antonio, muito engraçado... Amo vocês amigos =]

O filme foi mais uma vez uma produção fantástica, apesar de algumas cenas a mais do que no livro, e algumas que precisavam mais de um retoque de ação. A historia em si eu já conhecia desde o lançamento do livro, alias o final da serie também, mas sempre é bom acompanhar as produções da Warner.



Ficha Técnica
Baseado na obra de J.K. Rowling, "Harry Potter and the Half-Blood Prince"
Diretor: David Yates
Produtor: David Heyman
Roteirista: Steven Kloves
Trilha Sonora por: Nicholas Hooper




Sinopse (Oficial)


Fantasia e Aventura. Voldemort está ficando cada vez mais rigoroso, tanto com o Mundo Trouxa quanto com o Mundo Bruxo, e mais uma vez Hogwarts não é um lugar seguro.


Harry suspeita de perigos que podem até estar dentro do castelo, mas Dumbledore tem uma idéia mais voltada para a batalha final, que ele sabe que está se aproximando. Juntos eles encontram uma forma de achar um modo de liquidar a defesa de Voldemort e com isso, Dumbledore contrata seu antigo amigo e colega, bem reconhecido e um bom vivente, o Professor Horácio Slughorn, que Dumbledore acredita ter informações cruciais. Além disso, os estudantes estão sob ataque de um adversário muito diferente, os hormônios adolescentes, que se espalham entre todos. Harry se encontra cada vez mais atraído por Gina, porém quem está com ela é Dino Thomas. E Lilá Brown decidiu que Rony é o homem pra ela, só que ela não contava com os chocalates de Romilda Vane! E tem também Hermione, cheia de ciúmes, mas determinada a não mostrar os seus sentimentos. Em meio a tantos romances, há um estudante que permanece na sua. Ele está determinado a deixar sua marca, porém uma marca das trevas. O amor está no ar, mas existe pela frente uma grande tragédia que pode levar Hogwarts a nunca mais ser a mesma.


___________________________

Bom gente... é isso... fica o convite!
Abraçaooo =]

Carpe Dien

..:gUh:..

12 de jul de 2009

::: Encerramento


Bom gente, hoje foi o encerramento do Circuito NEAC de Teatro. Foi muito bom esses dois meses de aperesentaçao, no qual eu tambem estive participando. Encerramos com a peça " Existencial", que foram vários quadros montados pelo nosso ilustre diretor Markus Marques. Aliás falar do Neac e sem explicaçao, os laços vinculados la sao inexplicaveis. Todo mundo se encontra, tem liberdade de se expressar e constroi amizades perfeitas... Queria agradecer a Panelinha que esteve presente nos prestigiando, o meu eterno carinho.... amo demais todo mundo ( Dandan, Juh, Deh, Nina, Josi, Palmitao, Marina). Obrigado aos meus amigos que tambem foram...a todos voces um grande abraço. Ahh e sem contar aos colegas de palco... simplesmente tudo! Minha vida.... =]
Aliás teatro é uma arte ja inclusa em mim... faz parte de tudo aquilo que eu realmente tenho apreço. Não consigo mais viver sem.

______________________________________
Essa música aqui chama Angel, ela é da Sarah Mclachlan, mas ouvi recentemente uma versão da banda Hello... muito boa! a letra é excelente...

Angel

Composição: Sarah McLachlan


Spend all your time waiting

For that second chance

For a break that would make it okay

There's always some reason

To feel not good enough

And it's hard at the end of the day

I need some distraction

Oh beautiful release

Memories seep from my veins

Let me be empty

Oh and weightless and maybe

I'll find some peace tonight

In the arms of the angel

Fly away from here

From this dark cold hotel room

And the endlessness that you feel

You are pulled from the wreckage

Of your silent reverie

You're in the arms of the angel

Maybe you find some comfort here

So tired of the straight line

And everywhere you turn

There's vultures and thieves at your back

And the storm keeps on twisting

You keep on building the lies

That you make up for all that you lack

It don't make no difference

Escaping one last time

It's easier to believe in this sweet madness oh

This glorious sadness that brings me to my knees

In the arms of the angel

Fly away from here

From this dark cold hotel room

And the endlessness that you feel

You are pulled from the wreckage

Of your silent reverie

You're in the arms of the angel

Maybe you find some comfort here

You're in the arms of the angel

Maybe you find some comfort here

_________________________________

Bom... é isso... ^^
Aguardem, mudanças sérias essa semana... me prometo! =]
=]

Carpe Dien
Boa semana a todos!


..:gUh:..


1 de jul de 2009

::: Exclamação...


" Ninguém soube me explicar porque eu deveria ser feliz. Todos diziam sempre a mesma coisa... Porque você veio aqui para isso.
Quem disse? Porque simplesmente eu não poderia vir aqui só por vir? Porque preciso ter um objetivo?
Tudo hoje é muito marcado de clichês e senso comum. Permito-me possuir abistinências de tudo que é pronto e generalizado. Não suporto a idéia de ser apenas mais um igual a essa massa manipulada. Não quero pregar nenhum discurso idealista, porque pra mim até isso é muito pronto e na maioria das vezes as pessoas nem sabem o que estão realmente falando. Isso é apenas uma exclamação, nao quero protestar contra nada. Agora não me digam que eu vim aqui pra ser feliz... isso pode até ter alguma verdade, mas eu vim aqui... por vir mesmo... eu construo minha história. Eu posso ser feliz de tantas maneiras, se fosse assim ja teria me sentido realizado diversas vezes... mas ao contrario sempre me falta algo. E esse algo eu sei que nunca vou saber. Quer saber? Não me importo... é melhor assim... se não nada teria graça. Sentido tudo possui, e o sentido é simplesmente ser. Poupe-me os seguidores de auto ajuda, mas tudo que você é e sente é porque voce quer. Inconscientemente você cria sua vida... não existe uma força externa que move o mundo, ou que alguns denominam de amor. Amor você ama porque quer... Ora, todos me dizem papos soltos de que, não é culpa minha amar... Não? de quem seria? De uma coisa indenominada que age em todos? Algo mágico e involuntário?Amor é você. Simples assim.
Outra coisa que me comove sinceramente, são pessoas que acham que sabem de tudo e que ja passaram por tudo na vida e podem ajudar. Ah eu digo, eu não sei nada. O que eu sei deve e interessa a mim. Cada melodia flui de modo distinto para cada um que a ouve. A vida não é um manual de, se permita ser assim.
Alguns podem me achar precipitado ou arrogante, mas é apenas o que sinto. Você tem todo direito de pensar da sua maneira. É só uma opinião... que no final acaba me mostrando que sou igual aos outros de qualquer forma.
Fazer o que... Viemos aqui para isso... rsrsrsr.."

Carpe Dien

..:gUh:..